25/07/2018 às 22h06min - Atualizada em 25/07/2018 às 22h06min

Vasco perde para a LDU na segunda fase da Sul-Americana

Cruz-Maltino leva dois gols em bolas aéreas e se vê em situação complicada na competição: precisará fazer 2 a 0 em casa para reverter a derrota por 3 a 1 em Quito

Foto: Felipe Schmidt/GloboEsporte.com
As falhas individuais custaram caro ao Vasco, que mais uma vez volta de uma viagem em competição mata-mata precisando reverter um resultado adverso.

Nesta quarta-feira, em Quito, no Equador, o Cruz-Maltino perdeu por 3 a 1 para a LDU e se complicou na segunda fase da Sul-Americana. O gol brasileiro foi marcado pelo meia Thiago Galhardo, de pênalti.

PRIMEIRO TEMPO

O começo de jogo pode ter empolgado os torcedores do Vasco. A equipe comandada pelo técnico Jorginho até tocava a bola no campo de ataque, não era ameaçada... Mas foi só ilusão. Duas falhas individuais comprometeram completamente os planos vascaínos: Bruno Cosendey errou passe no meio e originou a jogada do primeiro gol, e Ricardo falhou feio antes do segundo. Depois, os visitantes seguiram tocando, tocando e tocando, mas sem efetividade. Foi pouco.

SEGUNDO TEMPO

Precisando buscar ao menos um gol para aliviar sua missão em São Januário, o Vasco foi para o ataque – como já estava antes do intervalo. As jogadas de velocidade passaram a surtir efeito, ao contrário do primeiro tempo. Em uma delas, Kelvin, pelo meio, sofreu pênalti, convertido por Thiago Galhardo.

O Cruz-Maltino parecia ter se animado com o gol, mas não criou mais chances claras de gol e até recuou em pouco tempo. Os passes passaram a ser mais perto do meio de campo, sem profundidade, e as jogadas perderam velocidade. A postura custou caro: mais um gol de bola aérea e 3 a 1 para ser revertido em São Januário.

GE

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »