29/10/2018 às 21h10min - Atualizada em 29/10/2018 às 21h10min

Clayton Pascarelli assume o Alô Amazonas e agradece o apoio do amigo Wilson Lima

Clayton abriu o coração nas redes sociais contando detalhes desta bela amizade...

Na manhã desta segunda-feira (29) um colega de trabalho do governador eleito Wilson Lima, pôde desabafar e até mesmo agradecer os bons momentos ao lado do então apresentador do programa de maior audiência do Estado, o Alô Amazonas.

Estamos falando de Clayton Pascatelli, jornalista que ficou conhecido na capital e no interior apresentando telejornais da TV Amazonas. 
Em 2017 foi convidado a fazer parte da equipe de apresentadores da TV A Crítica.

Pascarelli, iniciou no programa  Cidade Alerta Amazonas, e logo seria convidado pela direção da emissora a participar das transmissões do Boi Bumbá de Parintins, onde teve o apoio sempre presente de Wilson.

Com o colega tendo que se afastar da TV para campanha política, Clayton, sem dúvida nehuma, seria o nome para substituir o já aclamado apresentador Wilson Lima.

A fase mais difícil para Pascarelli com certeza foi o período eleitoral, onde o amigo e candidato Wilson foi atacado muitas vezes por seus adversários, Clayton teve que assistir e ficar como mero telespectador.

Após a grande vitória, Clayton correu para as redes sociais e abriu o coração contando detalhes desta bela amizade.

 
 
Confira post na íntegra:

"Passei o pleito inteiro trabalhando da forma mais isenta possível, mesmo apresentando o programa policial/comunitário que é o Alô Amazonas. Programa este que até junho era comandado brilhantemente por Wilson Lima. Durante todo o pleito não ouvi ninguém criticando a nossa postura, o que me faz crer que cumprimos o nosso dever da melhor forma possível. Mas, sinceramente, me cocei muito para poder vir às minhas redes sociais falar deste rapaz que acabou de vencer a eleição como o Governador mais votado da história do Estado do Amazonas. Pronto! O tempo passou e eu vim até aqui para tecer algumas palavras.
A foto que você vê, tirada pela Daniela Assayag, retrata muito do que é o Wilson para mim. Um amigo que te sugere a melhor direção para seguir. Me ajudou na preparação para a transmissão do Festival Folclórico de Parintins deste ano, me ensinou tudo o que pôde desde 2017, quando eu fui apenas para ser repórter. Ele sabia o momento correto para falar o que era importante e, principalmente, a hora de consertar quem quase errava alguma palavra. E nós sabemos como o apaixonado por boi bumbá é exigente.
Porém, o que mais me marcou foi o primeiro dia que pisei na Tv A Crítica, após ter sido demitido do emprego anterior. Wilson chegou pra mim e perguntou: você vem para cá? Na minha confirmação ele completou: seja bem-vindo, meu amigo. Aqui é um lugar onde temos liberdade de trabalho... E a partir dali foram varias sugestões e ensinamentos. Eu pensei: caramba, o cara que poderia me ver como ‘concorrente’, na verdade, está me ensinando muito sobre como se faz. Falávamos de como ele se reinventou para caminhar ao lado das pessoas e tornar o programa Alô Amazonas o líder de audiência no horário. E olha que são três horas e dez minutos de duração. 
E é isso que eu acredito: Wilson ainda vai surpreender muita gente com sua maneira de lidar com o ser humano, ouvindo e dialogando. Eu desejo toda sorte do mundo, pois eu sei muito bem como é difícil lutar contra o sistema, mas sei da capacidade dele de conversar e se deixar aprender. Sei da sua vontade de fazer o melhor.
Wilson é gente como a gente, humilde e que pensa sempre nas pessoas. Não vejo hoje ninguém que tenha trabalhado com ele falar sem que seja com orgulho. 
Wilson, Vá lá e arrebente, meu amigo. 
Por aqui eu fico com a tarefa de fazer o que foi ensinado por você!" 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »