14/05/2020 às 13h21min - Atualizada em 14/05/2020 às 13h33min

Com o Enem 2020 mantido, simulados on-line são solução para escolas e estudantes durante a pandemia

Prova Fácil disponibiliza simulado gratuito para instituições de ensino em todo o Brasil

DINO
https://www.provafacilnaweb.com.br/
Foto: Reprodução


O Ministério da Educação anunciou que a data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020), com aplicação prevista para os dias 1º e 8 de novembro, não sofrerá alterações por conta da pandemia do novo coronavírus. Mundialmente, cerca de 20 países cancelaram provas semelhantes ao Enem. Neste cenário que exige aos estudantes brasileiros se prepararem para a prova em casa, de forma on-line, uma das principais preocupações de escolas e alunos do Ensino Médio e em fase pré-vestibular é que o ensino a distância seja qualificado.

Para auxiliar as instituições de ensino neste grande desafio, algumas empresas estão disponibilizando gratuitamente simulados do Enem, com questões semelhantes às aplicadas em anos anteriores. É o caso da Prova Fácil, principal plataforma de gestão de avaliações do País, que está fornecendo um simulado para escolas disponibilizarem essa ferramenta de estudos aos alunos.

"A realização de simulados sempre foi uma prática importante para o Enem para a prova do Enem. Neste momento em que é necessário estudar em casa, é ainda mais essencial praticar e testar o nível de conhecimento das matérias, por meio da realização de simulados e a Prova Fácil está dando sua contribuição a milhares de estudantes de todo o País liberando o acesso à plataforma a todas as escolas", aponta Adriano Guimarães, CEO da Prova Fácil.

O Simulado Enem da Prova Fácil avalia o desempenho do candidato ao Enem da mesma forma que a prova tradicional, com o sistema de correção Teoria de Resposta ao Item (TRI). "Ao realizar um simulado, o estudante pode se familiarizar com o formato da prova e treinar a resolução das questões, o tempo de resposta e os conteúdos que devem ser cobrados", indica Guimarães.

Neste ano, a aplicação do Enem ocorrerá de forma opcional. Os participantes poderão escolher, no ato de inscrição, pela aplicação piloto digital ou pela tradicional prova em papel. O modelo digital será aplicado para 100 mil pessoas em todo o País, em 11 e 18 de outubro. Já o exame tradicional (impresso) será realizado nos dias 1º e 8 de novembro.

Escolas e cursinhos que querem preparar seus alunos para o Enem de forma qualificada, neste momento de pandemia, podem obter o Simulado Enem Prova Fácil, gratuitamente em https://materiais.provafacilnaweb.com.br/simulado-enem-gratuito.

Os três pontos positivos de realizar um simulado para o Enem

1 - Conhecer o modelo de prova: De acordo com o CEO da Prova Fácil, com a prática de simulados, o estudante tende a se familiarizar com o formato das questões e o conteúdo do Enem, o que o deixará mais seguro no momento realizar a prova.

2 - Praticar o tempo de resposta: Os estudantes com melhor desempenho no Enem, geralmente são aqueles que tiveram tempo de pensar e solucionar todas as questões. Para isso, é necessário traçar uma estratégia com justamente com a prática de simulados. Uma das recomendações neste sentido, é começar a prova respondendo as questões mais fáceis, deixando tempo hábil para responder as mais perguntas difíceis no final.

3 - Verificar o nível de aprendizado: Somente uma prova pode avaliar se, de fato, o conteúdo solicitado foi assimilado pelo estudante. Por isso, segundo Guimarães, testar o nível de conhecimento com um simulado é essencial para detectar quais conteúdos exigem mais estudo e foco do aluno ao longo do ano preparatório.

Sobre a Prova Fácil

A Prova Fácil é principal plataforma de gestão de avaliações do País. A empresa é responsável pela avaliação de mais 2 milhões de estudantes brasileiros. Somente nos últimos cinco anos, foram mais de 100 milhões de avaliações realizadas por meio plataforma, com a finalidade de tornar os processos mais transparentes, eficientes e com indicadores claros de aprendizado. Mais informações em: https://www.provafacilnaweb.com.br/

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »