11/03/2020 às 11h43min - Atualizada em 11/03/2020 às 12h03min

United HR aponta que 2020 poderá ter novo recorde de investimentos

O principal objetivo dos investimentos previstos para 2020 é a melhoria do processo produtivo (36%) e aumento da capacidade produtiva (23%). A maioria dos investimentos é para aquisição de máquinas (67%) e voltada ao mercado interno (36%). Das empresas que não pretendem investir em 2020, 36% afirmaram que existe a necessidade, mas que não há capacidade para efetivar os investimentos. A análise é de Márcio Miranda, CEO da UNITED HR.

DINO
UNITED HR


Aumentou para 85% o número de empresas que pretendem investir ainda em 2020, segundo levantamentos da UNITED HR.

O principal objetivo dos investimentos previstos para 2020 é a melhoria do processo produtivo (36%) e aumento da capacidade produtiva (23%). A maioria dos investimentos é para aquisição de máquinas (67%) e voltada ao mercado interno (36%). Das empresas que não pretendem investir em 2020, 36% afirmaram que existe a necessidade, mas que não há capacidade para efetivar os investimentos.

A análise é de Márcio Miranda, CEO da UNITED HR, que acaba de concluir o levantamento do número do número de investimento nos meses de fevereiro e março de 2020.

A petroleira francesa Total prevê investir entre US$ 600 milhões e US$ 700 milhões por ano em exploração e produção (E&P) de óleo e gás no país nos próximos cinco anos.

A AES Tietê revisou seu plano de investimentos e planeja investir R$ 1,4 bilhão entre 2020 e 2024. O valor será aplicado na modernização de seus ativos em operação e expansão da empresa, com foco na construção do complexo eólico Tucano, na Bahia.

A São Salvador Alimentos (SSA) investirá R$ 200 milhões na expansão de sua fábrica produtora de aves de Nova Veneza (GO) até 2022. O valor será aplicado na construção de novos galpões de aves, nova fábrica de ração e ampliação dos armazéns de grãos, entre outros

A empresa de perfumaria e cosméticos Granado pretende abrir novas unidades com um investimento de R$ 60 milhões em 2020. Além disso, a empresa busca intensificar sua presença na Europa e reforçar a identidade da marca Phebo, adquirida da Procter & Gamble em 1998.

A Lemgruber, fabricante de luvas de procedimentos, planeja investir R$ 20 milhões em 2020. A destinação dos recursos não foi divulgada.

A Odontoclinic, rede de franquias, anuncia investimentos de R$ 28 milhões em 2020 para continuar o seu plano de expansão e inovação. Do total de recursos previstos, aproximadamente R$ 22 milhões serão investidos em novas unidades em diversas regiões do Brasil com a expectativa de gerar 750 empregos no total. Outros R$ 6 milhões serão destinados à inovação tecnológica, especialmente em software de gestão e tecnologias de automação na fábrica de alinhadores transparentes para ortodontia.

O Grupo Menegotti pretende investir R$ 10 milhões na Menfund, empresa do grupo que produz ferro fundido, localizada no município de Schroeder (SC). Os recursos serão utilizados para a instalação de uma linha de moldagem automática.

O Grupo Fran’s Café está em busca de empreendedores para expandir em 20% sua rede de cafeterias ainda este ano. O objetivo é aumentar o número que hoje soma 100 unidades para 120 até dezembro de 2020. Se a meta de abertura de 20 lojas for cumprida, estima-se que o investimento dos franqueados pode chegar a até R$ 8 milhões.

A região Sul é um dos focos de expansão do CNA, rede de ensino de idiomas que planeja inaugurar 80 novas escolas em todo o país neste ano e chegar à marca de mil unidades até 2025. Para isso, a empresa lançou novos modelos de negócio com investimento a partir de R$ 70 mil para quem quer empreender em educação.

O Carrefour planeja um investimento de R$ 10 milhões a R$ 12 milhões em reformas por loja do Makro adquiridas pelo grupo em fevereiro deste ano. São 30 lojas e um investimento total de R$ 360 milhões. Além dessa soma, ainda estão sendo investidos R$ 2,8 bilhões na compra dos ativos em si. A empresa não detalhou como pretende arcar com esses gastos.

Para o CEO da UNITED HR, as opiniões são de que além das projeções feitas para o mercado interno, devem influenciar o arrefecimento da guerra comercial entre Estados Unidos e China, a solução do Brexit e a evolução do acordo comercial entre União Europeia e Mercosul. Márcio Miranda destaca ainda o pacote de privatizações prometidos pelo governo para este ano.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »