13/02/2020 às 10h23min - Atualizada em 13/02/2020 às 10h23min

Com público de 17 mil pessoas na Arena da Amazônia, Manaus FC vence Coritiba e passa à segunda fase da Copa do Brasil

Secom
FOTOS: Mauro Neto e Martha Bernardo
Com um público de 17.123 torcedores, o Manaus FC venceu por 1x0 o Coritiba-PR e se classificou para a segunda fase da Copa Continental do Brasil. A renda da partida foi de R$ 280 mil, e o próximo desafio do clube amazonense será contra o Brasil de Pelotas, do Rio Grande do Sul. O time conta com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), que desonerou a equipe do pagamento de aluguel do estádio.

Para que os torcedores tivessem acesso ao estádio de forma segura, foi montada uma operação especial que envolveu Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM); Polícias Civil e Militar; Corpo de Bombeiros; Ouvidoria da Segurança Pública; Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), além de órgãos municipais.

O diretor-presidente da Faar, Caio André de Oliveira, destacou o apoio da fundação ao futebol amazonense, mais uma vez fazendo parte de um momento histórico do esporte local. Ele também falou sobre a presença do torcedor na arena.

“Desde o início da nossa gestão procuramos apoiar o futebol amazonense e hoje estamos colhendo os frutos desse apoio. A classificação para a 2ª fase da competição foi mais que merecida, por todo o trabalho que vem sendo realizado. O público também fez a sua parte e mais uma vez mostrou o quanto Manaus gosta de futebol”.


Esquema de segurança – Como normalmente acontece em jogos com a presença de grandes públicos, foi montada uma unidade do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) dentro do estádio. No local, os representantes dos órgãos acompanharam a movimentação fora do estádio por meio de câmeras do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Cerca de 250 policiais militares, civis e agentes do Corpo de Bombeiros realizaram a segurança no entorno do estádio, e nenhuma ocorrência grave foi registrada antes, durante ou após a partida. Os torcedores com algum tipo de deficiência física também puderam acessar o local por uma entrada diferenciada.


O jogo – O primeiro tempo foi marcado por chances de finalização para ambos os lados. Quase no fim do período veio o único gol da partida, marcado por Rossini, para o delírio dos torcedores presentes.

Já no segundo tempo, muita tensão e ânimos aflorados, mas o Gavião conseguiu manter o resultado. O goleiro Jonathan, do time amazonense, defendeu uma cobrança de pênalti e, mesmo com sete minutos de acréscimo e a expulsão de um jogador do time da casa, o placar terminou favorável ao Gavião do Norte.


FOTOS: Mauro Neto e Martha Bernardo
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
script data-cfasync="false" id="clevernt" type="text/javascript"> (function (document, window) { var c = document.createElement("script"); c.type = "text/javascript"; c.async = !0; c.id = "CleverNTLoader38329"; c.setAttribute("data-target",window.name); c.setAttribute("data-callback","put-your-callback-macro-here"); c.src = "//clevernt.com/scripts/48fb54e606e6861db7fff3b9ceec5ce2.min.js?20191105=" + Math.floor((new Date).getTime()); var a = !1; try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || ( a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);