12/08/2018 às 13h47min - Atualizada em 12/08/2018 às 13h47min

Galo vence com autoridade no Horto e aumenta a crise do Santos

Ricardo Oliveira marcou duas vezes para matar o jogo para o Alvinegro de BH.

Divulgação
Atlético-MG e Santos entraram em campo no Independência, na manhã do dia dos pais, pressionados e com números ruins após a Copa do Mundo.

O Galo precisava da vitória para se manter no G-6, enquanto o Peixe luta contra a zona de rebaixamento. O jogo começou animado, com um belo gol de Elias aos sete minutos do primeiro tempo.

O Santos empatou rápido, com Gabriel, aos 26. No segundo tempo, apareceram o artilheiro e a "lei do ex". Ricardo Oliveira marcou duas vezes para matar o jogo para o Alvinegro de BH.

ELA NÃO FALHA!

A "lei do ex" é uma das mais implacáveis do futebol. Ricardo Oliveira, ex-atacante do Santos - e hoje no Galo -, provou isso neste domingo. Teve poucas chances no primeiro tempo, mas, na etapa final, mostrou o que sabe fazer. Com um cabeceio certeiro, pra baixo, matando o goleiro, e uma finalização perfeita, por cima de Vanderlei (veja no vídeo), o camisa 9 decretou a derrota do seu ex-clube.

"Sou trabalho puro. Sou um cara de muita fé, não desisto nunca, jamais vou deixar de acreditar no meu potencial, no que sou capaz. Exercito o físico e o mental pra superar as dificuldades da idade. Ela não me afeta em nada" - disse o centroavante após o jogo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »