03/05/2019 às 18h07min - Atualizada em 08/05/2019 às 15h12min

Como aumentar a taxa de transferência em Rede usando um Storage NAS (Network Attached Storage)

Os profissionais de TI devem ter muita paciência e cuidado ao efetuar a transferência de grandes volumes de dados. Para alguns setores como Security & Surveillance e Produtoras de Vídeo, largura de banda é um ponto crucial para o bom funcionamento do sistema ou agilidade no desempenho das tarefas da empresa devido as altas transferências de dados. O desempenho da Rede é diretamente proporcional a largura de sua banda.

DINO - http://www.controle.net
Placa de Rede com 25Gbps para NAS


O padrão de rede Gigabit surgiu em 1997 e hoje é o mais comum para empresas que possuem 5 ou mais computadores conectados em Rede e demandam transferências de dados entre as estações de trabalho ou entre servidores e estações. Em 2002, a velocidade chega em 10Gbps, trazendo um aumento significativo na taxa de transferência de dados.

De lá para cá muita coisa mudou: as empresas possuem um número maior de computadores, o armazenamento passou de Servidores e fitas para Storages, Backup se tornou uma preocupação de todos não só para os profissionais de TI, e os Storages NAS já são uma realidade como Backup, Servidores de Arquivos e Sistemas de Virtualização em pequenas e médias empresas.

 

Com a migração do armazenamento de dados para Storages, estes se transformaram em uma peça vital para o funcionamento das empresas. Cria-se uma dependência digital do sistema de armazenamento, ou seja, quanto maior a eficiência e velocidade do armazenamento, mais produtiva será a empresa e o inverso também é uma verdade absoluta.

Com base nessa evolução, em 2019 a nova conexão de 25Gbps para equipamentos NAS já está acessível para pequenas e média empresas. Além do aumento de velocidade, a tecnologia trouxe um aliado adicional conhecido como iSER (iSCSI Extension for RDMA).

 

O iSER aumenta a performance no acesso aos dados, criando um atalho para leitura e escrita principalmente em ambientes virtualizados. Essa melhora acontece, pois, o iSER acessa diretamente aos dados contidos memória, reduzindo o caminho que passaria normalmente pelo processador e protocolo de rede TCP, entregando as informações diretamente para a rede ethernet.
 

Conclusão

Tecnologias que a pouco tempo eram realidade apenas em grandes corporações, hoje já estão presentes para facilitar o armazenamento digital em pequenas empresas: Snapshot com todas suas variações como Clone, Réplica, etc. Replicação em Tempo Real, Caching, Tiering, entre outros recursos. Em paralelo, o aumento na largura de banda de rede, que facilmente alcança os 25Gbps e traz o acesso direto à memória como um benefício adicional.

O mais importante para a utilização correta dessas novas tecnologias é a escolha correta do equipamento, da empresa fornecedora e a correta implantação da solução. Desta forma pode-se obter a melhor relação custo-benefício dentro da necessidade de cada empresa, de sua previsão de crescimento e da segurança no armazenamento de seus dados digitais.

 

Acerca da QNAP Systems, Inc.

A QNAP Systems, Inc., com sede em Taipei, Taiwan, fornece um conjunto completo de soluções de vigilância por vídeo e armazenamento em rede (NAS) que seguem os princípios da usabilidade, alta segurança e escalabilidade flexível.

A QNAP oferece produtos NAS de qualidade a usuários domésticos e empresariais, fornecendo soluções para armazenamento, backup/instantâneo, virtualização, trabalho em equipe, multimídia e muito mais. A QNAP idealiza um NAS que seja mais do que um "simples armazenamento" e criou muitas inovações de NAS para incentivar os usuários a hospedar e desenvolver suas soluções de Internet das Coisas, inteligência artificial e aprendizado de máquina no QNAP NAS.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »