04/09/2018 às 12h35min - Atualizada em 28/03/2019 às 00h00min

Segundo estudo, para cada dólar investido na prevenção, 4 dólares seriam economizados em serviços de saúde

A pneumologista Dra Andréa Sette fala sobre a importância da análise clínica, periodicidade e o momento ideal para começar.

DINO - http://www.andreasette.com.br
http://www.dino.com.br/releases/segundo-estudo-para-cada-dolar-investido-na-prevencao-4-dolares-seriam-economizados-em-servicos-de-saude-dino890183676131
check up


Um estudo realizado em 34 países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) indica que para cada dólar investido na prevenção, 4 dólares seriam economizados em serviços de saúde. De acordo com a revista British Medical Journal, 37 milhões de mortes prematuras no mundo poderiam ser evitadas até 2025, se a população adotasse um estilo de vida mais saudável. Os números mostram a importância da prevenção e não somente do tratamento.
 
Ao pé da letra, o termo em inglês check-up significa checar mas, entre as autoridades de saúde, é também sinônimo de precaução. A princípio, consiste na realização de uma bateria de exames clínicos e laboratoriais, que inclui ainda consulta com especialistas de diversas áreas para análise da história do paciente, seus hábitos, aspectos da saúde mental, física e orientações após os resultados ficarem prontos.
 
Um levantamento realizado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que doenças como hipertensão, diabetes, dislipidemia e depressão são responsáveis por mais de 72% das causas de mortes no Brasil.

Segundo a pneumologista Dra Andréa Sette, submeter-se periodicamente a um check-up completo é fundamental para manter a saúde em dia e identificar logo na fase inicial as doenças que se desenvolvem silenciosamente, como diabetes, hipertensão arterial, distúrbios cardiovasculares e alguns tipos de câncer.
A doutora explica que nos últimos anos, por exemplo, conseguiu-se reduzir em 30% o número de casos fatais de câncer de mama com a popularização da mamografia. Nos homens, a possibilidade de identificar alterações na próstata através de um simples exame de sangue associado ao toque retal aumentaram as chances de detectar o câncer precocemente, fase que apresenta até 90% de cura.

Um adulto saudável, por exemplo, deve realizar os procedimentos pelo menos de dois em dois anos, os que fazem parte do grupo de risco, como fumantes, diabéticos e hipertensos de um em um ano.



Website: http://www.andreasette.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »