13/12/2018 às 19h22min - Atualizada em 13/12/2018 às 19h22min

Capitão Alberto Neto visita Penitenciária de Alcaçuz e conhece a nova doutrina disciplinar implantada no presídio.

O Estado foi o terceiro a registrar matanças em presídios no ano de 2017 registrando 26 mortos...

Reprodução
Na noite desta quarta-feira, (12) o Deputado Federal eleito Capitão Alberto Neto que cumpri agenda fora da cidade, visitou o presídio de Alcaçuz na cidade de Natal no Rio Grande do Norte. 

O Estado foi o terceiro a registrar matanças em presídios no ano de 2017 registrando 26 mortos. Durante a virada do ano em Manaus não foi diferente, a rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim deixou 56 mortos no Compaj. 

Preocupado com o sistema Penitenciário do Estado e a Segurança Pública sendo uma das suas bandeiras e prioridades em seu primeiro mandato, o Capitão foi conhecer a Penitenciaria de Alcaçuz e a nova doutrina disciplinar implantada no presídio. 

Durante a visita o Deputado foi recebido pelo Secretário de Justiça e Cidadania Luís Mauro de Albuquerque que fez questão de explicar como a disciplina em Alcaçuz foi reestabelecida e as reformas que foram feitas após a rebelião. 

“Hoje o presídio está totalmente doutrinado pelo estado, os detentos têm uma rotina, cantam o Hino Nacional, prestam continência e seguem as regras do presídio”. Disse o Secretário Luís Mauro Albuquerque. 

O Capitão Alberto Neto que é policial militar há mais de 10 anos ficou surpreso e orgulhoso ao ver o excelente trabalho realizado pelo Secretário, e afirma que exemplos como esses devem ser copiados em todo o País. 

“Não podemos deixar o preso comandar o crime organizado de dentro da cadeia, o preso tem que trabalhar e ter uma rotina enquanto estiver em poder do Estado, e eu como Deputado Federal vou trabalhar para que modelos disciplinares como esse, sejam implantados não só no Amazonas, mas como em todas as penitenciárias do País. Concluiu Alberto Neto. 

 

Medidas disciplinares

A teoria da janela quebrada foi uma das técnicas implantadas no novo sistema disciplinar de Alcaçuz. A teoria consiste em que as coisas precisam estar em perfeito funcionamento. As celas devem estar sempre limpas e higienizadas e não pode existir nada quebrado.

Tolerância zero. A técnica consiste em impor ao preso uma disciplina rigorosa além de tentarem sempre sufocar as lideranças que surgem em meio ao narcotráfico e assim evitando a desordem. 

Custo de cada detento

Hoje o detento custa em torno de R$1.500,00 (mil e quinhentos reais).

Agente Penitenciário

Hoje todos os agentes penitenciários são concursados tornando o servido mais comprometimento com a causa. O agente penitenciário de carreira elevou o nível da disciplina.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »