27/08/2020 às 06h18min - Atualizada em 27/08/2020 às 06h18min

Vídeo: motorista revoltado destrói carro após confusão em Manaus

PORTAL DO SENA - Informando com credibilidade

Foto: Reprodução
Você já se viu envolvido em uma briga de trânsito? Se sim, sabe o quão complexa é essa situação.

Seja uma fechada, uma batida ou qualquer coisa menor, o ambiente do trânsito é estressante e pode causar brigas.

No vídeo, um homem revoltado após uma confusão, perseguiu o condutor de um carro modelo Fiat Uno até encontrá-lo estacionado no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

Ele sai de seu veículo, olha dentro do Fiat, como não há ninguém, ele pega um ferro e começa a quebrar as lanternas, vidros e por final ele fura os quatro pneus e vai embora, como se nada tivesse acontecido. 

Segundo informações repassadas pelo proprietário do carro destruído, o mesmo teria discutido com o condutor do veículo Prisma prata, na manhã de quarta-feira, (26), por volta das 11h.

Ainda segundo o proprietário do Fiat Uno, por conta de uma passagem em uma rua, aproximadamente quatro homens saíram do carro Prisma e tentaram agredir o homem que conduzia o uno e ainda amaçaram a lataria do carro.

Após a discussão que gerou briga, o proprietário deixou o seu carro na oficina, onde minutos depois o motorista do Prisma conseguiu encontrar o veículo e o destruiu com um barra de ferro. Um boletim de ocorrência foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).




Brigas de trânsito: sete dicas para evitá-las

Se for o caso, assuma a sua parte da culpa

Se há um conflito entre duas partes, é possível que ambas tenham parte no acontecimento. Isso funciona principalmente em fechadas, sem prejuízos financeiros. Primeiro, se afaste do problema e não reaja. Deixe o outro motorista reagir e sair. Mesmo se você se sentir no direito de brigar, deixar o “brigão” ir embora pode ser a diferença entre continuar com o seu dia normalmente ou parar na delegacia, ou pior: no hospital.

Siga em frente, olhe para o lado

O outro motorista envolvido está sendo extremamente agressivo? Se sim, evite contato visual e não reaja rápido, no reflexo, para evitar a confusão. Depois, tente focar em outros assuntos para que a briga que você evitou não atrapalhe seu dia.

190, guarde o número

Se ainda assim, o outro motorista brigão continuar com ameaças e você não encontrar uma saída. Não tenha medo de chamar a polícia. É obrigação da corporação manter a segurança dos cidadãos.

Dê meia volta

O brigão continua vindo para cima? Cogite simplesmente dar meia volta e sair. Obviamente, caso seja possível. Se for possível, saia devagar. Arrancar com o carro assustado como se um assassino estivesse atrás de você é perigoso e pode causar outro acidente.

Filme

Você tem um passageiro a bordo portando um celular com câmera? Ótimo, peça para ele filmar a ação do motorista brigão. Caso seja registrado um Boletim de Ocorrência futuramente, você tem alguma espécie de evidência sobre o comportamento do outro motorista envolvido.

Não dê, literalmente, abertura

Seu carro ainda é mais resistente que seu corpo e é o melhor lugar para ficar, caso você perceba que o outro motorista envolvido partirá para a agressão. Mesmo se a discussão estiver acalorada, resista à vontade de abrir os vidros ou descer do carro. Mantenha-se seguro.

Mea culpa

Foi você quem errou? Então ponha a mão na consciência e admita. No caso de um pequeno acidente ou fechada que causou a briga, assumir a sua culpa pode ser o jeito mais rápido de desarmar toda a raiva do outro motorista envolvido e acalmar a situação.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »