21/08/2020 às 17h56min - Atualizada em 21/08/2020 às 17h56min

Fuzileiro que matou Bin Laden é banido de voos por se recusar a usar máscara: 'Não sou maricas'

PORTAL DO SENA - Informando com credibilidade

Extra
Foto: Reprodução
O fuzileiro naval americano que matou Osama bin Laden, o líder da al-Qaeda morto em operação de forças especiais em maio de 2011 em Abbottabad (Paquistão), foi banido de todos os voos da Delta Air Lines.

A decisão foi tomada após Robert J. O'Neill postar no Twitter uma foto em que aparece dentro de um avião da companhia americana sem máscara, proteção contra a Covid-19 que ele classificou como "idiota".

"Eu não sou um maricas", justificou-se o fuzileiro ao não usar a máscara.

A foto (que foi tirada do ar) viralizou nas redes sociais, e a Delta resolveu proibir que O'Neill embarque em qualquer aeronave da companhia, contou o "Washington Times".

"Todos os clientes que não se adequam ao requerimento de uso de máscara correm o risco de perder a capacidade de voar", disse a empresa.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »