04/08/2020 às 19h31min - Atualizada em 04/08/2020 às 19h31min

Ex-presidiária e comparsa são presas por associação ao tráfico de drogas

Com informações da assessoria
Foto Divulgação
Duas mulheres identificadas como Thaynara Cruz e Layss Guido foram presas pela equipe de Investigação do 26 DIP (Eqp Tucandeira), coordenada pelo Delegado Normando Barbosa,  no  dia 03/08/2020, por volta das 12h00, por tráfico e associação ao tráfico de drogas  no bairro Santa Etelvina.

De acordo com informações preliminares a equipe de investigação recebeu uma denúncia anônima onde, foi relatado que  uma ex-presidiaria juntamente com outra mulher estariam comercializando entorpecentes na rua Apixanas esquina com a rua Hermengarda, bairro Santa Etelvina. 

Logo após a denúncia, a equipe de investigação passou a monitorar o local, verificando uma intensa movimentação de pessoas indo até o local indicado na denúncia, supostamente, comprar trouxinhas de substância entorpecente.

Nesse ínterim, a equipe de investigação dirigiu-se até o endereço onde ocorria, o comércio de entorpecentes e foram recebidos por Thaynara  e Layss, essas ao serem  questionadas sobre o comércio ilícito no local, ambas nrgaram a informação.

 Após revista em um cômodo da residência (sala)foi encontrado material entorpecente dentro de um copo plástico e durante a revista nos demais cômodos foram encontrados valores em espécie provenientes, além de material para embalo e produção de drogas.

Com  a dupla foi encontrado os seguintes itens:

21 Trouxinhas de substância entorpecente petrificada supostamente OXI;

Valor em espécie de R$ 1.180,00 (Mil cento e oitenta reais); e

01 carretel de linha de cor verde;

Após o flagrante as mulheres, receberam voz de prisão sendo encaminhadas ao 26 DIP. Ainda na delegacia foi verificado que Thaynara já  responde pelo crime de receptação.
Após os tramites legais as mulheres foram levadas ao Instituto Médico Legal (IML), para a realização do exame de corpo de delito e foram encaminhadas ao Centro de Recebimento e Triagem - CRT para a audiência de Custódia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »