14/07/2020 às 20h22min - Atualizada em 14/07/2020 às 20h22min

Trouxe mesmo seu amor de volta: motorista de Uber ajuda a reconciliar casal

UOL
Foto arquivo pessoal
O motorista de Uber hoje em dia se tornou um confidente, muitas pessoas acham melhor contar seus problemas para desconhecidos do que para pessoas próximas.
Seria um dia normal para o motorista Leandro Barroso Lima, 27, que trabalha há dois anos e meio para a Uber em Salvador, pórem ele viu tudo mudar ao aceitar uma corrida.

Segundo o motorista, após aceitar uma corrida ele se viu cair de cabeça no meio de uma briga de casal, ele sem pensar duas vezes ajudou a salvar aquele casamento. Foi preciso sangue frio para apaziguar os ânimos dos envolvidos. Mas, depois da confusão toda, Lima ficou conhecido como cupido, capaz de trazer o seu amor de volta ou de levá-lo de volta ao seu destino.

Lima não fez nenhuma propaganda mais levou o amor de volta para um homem que havia brigado com sua esposa após crises no casamento.


Veja o relato de Lima:

 
"Foi no final de maio. Era umas 21h e eu estava dirigindo no subúrbio de Salvador, uma área distante da onde eu moro. Configurei o aplicativo para pegar corridas em direção à minha casa e surgiu uma chamada em direção ao bairro que eu moro. A nota do passageiro não era muito boa, mas estava tarde, eu queria voltar para casa e decidi arriscar. Chegando lá, tinha um rapaz e uma moça. Ela veio com muita coisa, várias sacolas, segurando o cachorro. Perguntei do Caique [ele quem fez a chamada via aplicativo] e ela respondeu que era ela quem iria fazer a viagem e disse 'estou me separando dele, estou indo pra casa da minha mãe'. Ajudei a colocar as coisas dentro do carro e ela entrou no carro. Depois de uns 15 minutos de viagem eu falei para ela 'olha, acho que ele vai vir falar comigo pelo aplicativo'. Estava certo. De repente, uma mensagem chegou. Era o Caique me pedindo para dizer para ela que ele a amava demais e que não conseguiria viver sem a esposa. Depois disso, ela me perguntou como é que eu sabia que o Caique entraria em contato. Respondi que eu teria feito a mesma coisa se não quisesse que a minha esposa fosse embora.

Ela chorou bastante durante o caminho. Ela estava abatida, dizendo que gostava dele, mas que estava tendo brigas recorrentes. Só que também acho que ela estava tentando se convencer de que tinha feito a coisa certa ao sair de casa, me dizendo que achava melhor a ideia de se separar porque não tava dando mais certo. Depois de um tempo, eu parei o carro e perguntei o que devia fazer. Se continuasse andando, a corrida iria ficar muito cara para ela. Até que ela decidiu voltar para a casa, eu dei a volta e segui. Quando chegamos, o Caique estava esperando a gente no portão.

Ele me agradeceu muito, ajudei ele a tirar as coisas dela do carro e ele ficou muito feliz ao rever a esposa e o cachorrinho do casal. No final, eles ainda me pagaram um pouco mais do que a corrida havida dado. Eu não quis aceitar, mas eles insistiram. Eles ficaram muito felizes. Eu até perguntei se poderia compartilhar a história deles na internet e ela deixou. Ela disse que acompanhava alguns perfis e que se divertia muito. Eu tinha trabalhado o dia todo, crente que tava indo para casa já. Estava praticamente do lado da minha casa quando tudo aconteceu e acabei demorando para chegar. Mas não fiquei chateado não. Foi mais um casal que não terminou, se gostavam, acho que a história compensou tudo. Infelizmente, Lima não soube mais do casal, mas o seu relato caiu na internet.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »