26/05/2020 às 16h30min - Atualizada em 27/05/2020 às 00h00min

Dia Mundial sem Tabaco (31.05): um alerta para a principal causa evitável de mortes no mundo

Sociedade Paranaense de Cardiologia (SPC) lembra que tabagismo responde por 6 milhões de morte por ano

DINO
http://www.prcardio.org
Foto: Reprodução


O tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo, sendo ainda responsável por 6 milhões de morte por ano. Na população americana, aproximadamente 20% das mortes por doenças cardiovasculares estão relacionadas ao tabagismo.

Fumantes têm maior risco de infarto, AVC, morte súbita cardíaca e por doença isquêmica do coração. Isso ocorre porque o cigarro possui mais de 7 mil substâncias químicas que, por meio de mecanismos como inflamação crônica, aumento de trombose, da frequência cardíaca e de arritmias, contribuem para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares e do câncer.

O benefício da cessação do tabagismo é percebido pelo organismo em questão de horas, sendo que o risco de doença coronariana reduz à metade após um ano, atingindo o nível de não fumantes em 15 anos.

"No Dia Mundial sem Tabaco (31.05), a Sociedade Paranaense de Cardiologia (SPC) enfatiza que a diminuição do tabagismo não está associada à redução de doenças relacionadas ao tabaco, mas apenas a cessação contribui com a redução da mortalidade, independentemente da idade", explica o presidente da entidade, Dr. Raul D’Aurea Mora.

Sobre a SPC - Fundada em 1966, a SPC difunde a Cardiologia em todo o Estado, e realizou seu primeiro evento científico em 1971. A entidade centraliza os esforços dos cardiologistas paranaenses e interage com a sociedade civil e os poderes constituídos numa busca da otimização dos esforços para redução do impacto das doenças cardiovasculares na sociedade.

Informações e credenciamento para a imprensa:
Básica Comunicações - www.basicacomunicacoes.com.br
Jornalista responsável:
Daniela W. Licht - daniela@basicacomunicacoes.com.br

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »