19/05/2020 às 11h51min - Atualizada em 19/05/2020 às 11h51min

Advogado publica carta aberta ao prefeito de Manaus

Foto: Reprodução
O advogado Marcelo Amil publicou em suas redes sociais uma carta aberta ao prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), onde cobra do enfrentamento da pandemia com proatividade e criatividade. 

Marcelo Amil ainda destaca que o prefeito não pode mais ser reeleito, e isso lhe dá a possibilidade de aplicar medidas impopulares. "Aproveite esse momento em que o senhor tem a possibilidade de tomar medidas amargas".

Marcelo Amil é advogado, defensor geral do Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD) e foi candidato a deputado federal em 2018.


Abaixo segue a íntegra do texto publicado nas redes.

Prefeito Arthur, nessa carta quero falar diretamente com o senhor. O senhor tem uma história política brilhante. O senhor foi dos senadores mais expressivos da história do Senado Federal, senado esse por onde já passou muita gente boa. O senhor foi eleito prefeito de Manaus logo no fim da ditadura militar ou seja, foi um símbolo de um ato de redemocratização do Brasil. O senhor foi eleito e reeleito prefeito de Manaus. O senhor caminha agora para uma justa aposentadoria, afinal já tem uma idade avançada. 
Tem muita saúde, afinal foi atleta, um grande atleta, por sinal. Mas prefeito, aproveite esse momento que a vida está lhe dando. O senhor não vai disputar a reeleição porque a lei não permite, e se permitisse seria legítimo que disputasse, mas não vai. Então aproveite esse momento em que o Senhor tem a possibilidade de tomar medidas amargas, pois muitas vezes o remédio amargo é o mais eficiente.

Vou usar como exemplo aqui uma medida que eu julgo que foi errada do prefeito de São Paulo Bruno Covas e usando-a como exemplo, depois explicarei por que foi errada. O prefeito de São Paulo decretou o rodízio das placas. Num dia só podiam circular carros com placa de final ímpar, e no outro, planas com final par. Ele errou, pois com isso lotou o sistema de transporte coletivo, porém com essa medida (que deve estar sendo revogada nos próximos dias talvez até hoje) ele tentou fazer algo diferente, e é isso que eu peço ao senhor: tente algo!

Chame o Ministério Público chame o Tribunal de Justiça chame a OAB, chame o CRM, o COREN. Discuta com seriedade a possibilidade de um lockdown e se a discussão conduzir ao entendimento que não é o momento, tudo bem, ótimo, mas DISCUTA, TENTE ALGO DIFERENTE.

Não podemos fingir que nada está acontecendo em Manaus. Eu aplaudi quando o senhor chamou para o debate a Greta, aquela ativista sueca. Isso foi muito legal. Óbvio, sabemos que a Greta não vai resolver o problema de Manaus, mas com aquilo o senhor conseguiu criar um fato político e colocar Manaus no debate. Isso é importante.

Aquilo foi uma jogada interessante, mas Prefeito, faça história. Repito, muitas vezes o remédio é amargo mas é eficiente. Chame os agentes envolvidos, discuta e faça o que deve ser feito. A história vai saber reconhecer o seu esforço. Não permita que manauaras continuem morrendo e Manaus sendo um exemplo de tudo que não deve ser feito.

São as nossas vidas em jogo não tenha medo de ousar! Faça! Tenha coragem.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »