12/05/2020 às 14h48min - Atualizada em 12/05/2020 às 14h48min

Garçons reproduzem 'meme do caixão' em Gramado e restaurante se desculpa

Extra
Foto: Reprodução
Em meio a pandemia do coronavírus, a cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, decretou a retomada das atividades turísticas. Mas um restaurante causou polêmica ao celebrar com garçons dançando ao som da música do "meme do caixão" (uma dança típica em Gana no cortejo fúnebre virou meme combinado a música "Astronomia", de Vicetone & Tony Igy), enquanto carregava baldes de espumante, no último sábado, dia 9.

O vídeo viralizou contendo diversas críticas ao estabelecimento.

O Divino Gastronomia e Bar publicou uma nota repudiando o ocorrido e dizendo que o pedido foi feito por um cliente.

"Não compactuamos com esta atitude totalmente descabida para o momento em que vivemos, em meio à pandemia de Covid-19. Lamentavelmente, este triste episódio só ocorreu por uma falha operacional, no exato momento em que o gerente saiu para comprar um produto que havia faltado. Se aproveitando do momento, um dos integrantes da mesa foi até o DJ e pediu a referida trilha musical, além de ter encomendado a coreografia aos garçons", diz um trecho da nota.

O restaurante diz ainda que medidas estão sendo tomadas.

"Por este motivo, vimos pedir desculpas aos nossos clientes e a toda sociedade por esta falha, e dizer que estamos tomando todas as providências para que episódios desta natureza não venham a ocorrer novamente".

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nota Oficial A direção do Divino Gastronomia & Bar vem a público lamentar e repudiar o episódio ocorrido no último sábado (9), quando um vídeo mostrou a cena de garçons levando garrafas de espumante, com a trilha de musical simulando o carregamento de um caixão. Não compactuamos com esta atitude totalmente descabida para o momento em que vivemos, em meio à pandemia de Covid-19. Lamentavelmente, este triste episódio só ocorreu por uma falha operacional, no exato momento em que o gerente saiu para comprar um produto que havia faltado. Se aproveitando do momento, um dos integrantes da mesa foi até o DJ e pediu a referida trilha musical, além de ter encomendado a coreografia aos garçons. Por este motivo, vimos pedir desculpas aos nossos clientes e a toda sociedade por esta falha, e dizer que estamos tomando todas as providências para que episódios desta natureza não venham a ocorrer novamente no Divino. Valdemir Ecker Diretor

Uma publicação compartilhada por Divino Gastronomia&Bar Gramado (@divinogastronomiagramado) em


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »