13/04/2020 às 09h03min - Atualizada em 13/04/2020 às 13h42min

Número de famílias endividadas atinge recorde em março

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) trouxe uma estatística alarmante para o futuro econômico

DINO
https://fantastik.com.br/
Foto: Reprodução


A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) trouxe uma estatística alarmante para o futuro econômico brasileiro.


O aumento de famílias com dívidas atinge recorde, com uma parcela de, aproximadamente, 66,2%, sendo a maior taxa histórica da série.


"E a pior notícia é que isso pode ser só o começo. Com a pandemia da COVID-19, a expectativa é que os números sejam crescentes nos próximos meses", afirma Victor Palandi, empreendedor e especialista em persuasão.


Palandi é autor do livro Copywriting Descomplicado, um best-seller da Amazon na área da persuasão. "Mais do que nunca, as pessoas vão precisar saber vender, gerar influência e ter poder de persuasão, seja para garantirem seus empregos ou para se virarem como autônomos", ressalta.


Com o desemprego subindo, a insegurança e a incerteza crescendo, a população será muito prejudicada do ponto de vista econômico, a previsão para o PIB 2020 não é das melhores, chegando até a projeções de recessão. Apesar disso, o confinamento segue como a melhor estratégia a longo prazo para driblar desdobramentos ainda mais graves do novo vírus.


"Alguns novos nichos de mercado vão surgir, assim como alguns vão se fortalecer. Em toda a crise, estão também as melhores oportunidades. E quem é bom comunicador, influente e persuasivo, tem vantagem para abraçar essas novas chances", afirma Palandi.


Ele continua: "esse é o momento para o trabalhador mostrar todo o seu valor e potencial ao empregador. Ou, então, dar tudo de si na venda como autônomo. Por isso, indico aprender a fundo sobre Copywriting".

Copy nada mais é do que escrita persuasiva, ou seja, criação de roteiros de venda, argumentos e apresentações de produtos.


"Quem sabe Copywriting não passará dificuldades", garante Victor Palandi. Hoje, no Brasil, existem diversos cursos online sobre o tema, além do livro já citado anteriormente.


Esperar que as coisas se acertem naturalmente é otimismo em excesso. É preciso participar ativamente da mudança. As previsões indicam que as coisas começarão a melhorar em 2021 ou 2022, logo, é primordial sair da zona de conforto e buscar novas oportunidades.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »