27/03/2020 às 10h38min - Atualizada em 27/03/2020 às 10h38min

Pacientes renais crônicos temem fechamento de clínicas renais no estado

Foto: Reprodução
Em mais uma iniciativa de combate à Covid-19, o deputado federal Capitão Alberto Neto enviou ao governador do Amazonas, Wilson Lima, solicitação de medidas em favor de pacientes renais. No estado, 1400 pessoas fazem tratamento em clínicas de diálise. 

O parlamentar age em consonância com a afiliação de representantes dos doentes renais crônicos, que temem serem prejudicados nesse período onde todas as medidas estão sendo direcionadas para o combate ao coronavírus. 

A preocupação é pela possibilidade de fechamento de muitos estabelecimentos que atendem a esses pacientes. “Solicitei ao governador aporte inicial de recursos para as unidades, na forma de aditivo de um mês de faturamento, para que elas possam cobrir os custos das novas recomendações”, explicou. 

Alberto Neto também indicou a necessidade de haver isenção das contas de energia e água e isenção do ICMS de insumos utilizados na hemodiálise, bem como a moratória de impostos federais durante a pandemia. 

Além disso também foi pedido em documento a autorização para cobrança dos tratamento sem reutilização dos filtros de sangue com o mesmo código e remuneração atualmente praticada para o tratamento de pacientes soropositivos. 

“Pacientes renais buscam tratamento nas clínicas pelo menos três vezes por semana cada um. Eles precisam da diálise para garantir sua vida. Essas medidas são de suma importância para que essas pessoas possam enfrentar o Covid-19 e a doença crônica contra a qual lutam todos dias”, finalizou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »