24/03/2020 às 08h27min - Atualizada em 24/03/2020 às 08h51min

Como a tecnologia tem ajudado a área da educação nos Estados Unidos em meio ao Coronavírus

Empresa de Tecnologia da Educação InSeconds desenvolveu o 'InSecondsVirtualClass', que possibilita escolas e universidades a promoverem aulas online em realtime com seus professores e alunos sem ter que sair de casa

DINO
http://inseconds.com
Foto: Reprodução

Em fevereiro de 2020, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos da América confirmaram vários casos de coronavírus no país. Diante desta pandemia mundial, os cidadãos comuns, empresários e investidores de vários países -  incluindo os norte-americanos -, além de vários setores que movimentam a economia global como o agronegócio, comércio e a educação tem enfrentado constantes mudanças em suas atividades, acumulando prejuízos de bilhões de dólares devido às medidas extremamente necessárias que os governos vêm tomando para tentar diminuir o número de infectados pelo vírus. 


Na área da educação, as escolas e universidades públicas e privadas tiveram que interromper suas aulas para evitar aglomerações, devido ao possível contágio via transmissão comunitária. Por causa desta medida, milhões de estudantes tiveram seus estudos paralisados, muitos deles em épocas importantes como a preparação para ingressar em universidades, concursos e até mesmo processo seletivo para um importante cargo. 


Tendo em vista o bem-estar e o ensino de milhares de estudantes no mundo todo, a empresa americana InSeconds, referência em Tecnologia da Educação desenvolveu o 'InSecondsVirtualClass', que possibilita a estudantes  aulas online e realizar exercícios em realtime com seus professores e colegas de classe, sem ter que sair de casa, por meio de computadores, tablets e smartphones, disponível nas plataformas do Google play da empresa Google, e Apple Store da empresa Apple Inc.


A ferramenta foi desenvolvida pelo especialista em TI Luccas Marra do Amaral, que possui uma carreira com mais de 10 anos de experiência em tecnologia da informação. Hoje, ele faz parte de uma das empresas que tende a se tornar uma grande potência nos próximos anos no ramo da educação no mundo. Entre as instituições de ensino que contam com a aplicação InSecondsVirtualClass está a Harvest English Institute presente em diversas regiões dos Estados Unidos.

 

Sobre a InSeconds 


Criada em 2012, a InSeconds nasceu da necessidade e busca por uma solução que atendesse todos os anseios de escolas e universidade que sempre necessitaram de uma única plataforma online que gerisse e organizasse todas os seus pilares: acadêmico, pedagógico, financeiro, administrativo, operacional e comercial, adequando-se a instituições de ensino de qualquer tipo: escolas de idiomas, de ensino técnico ou profissionalizante, preparatórios para concursos, ensino infantil, médio ou superior, ou seja, ensino em todas as suas possibilidades.


Recentemente a InSeconds esteve presente na Future of Education Technology Conference (FETC), que reúne há mais de 40 anos, os mais dinâmicos e inovadores líderes da educação com um único propósito: o crescimento global da educação em novas tecnologias. 


A empresa atualmente é comandada pelo CEO Pedro Pacheco, o CIO Ewerton Carvalho e pelo CTO Rodrigo dos Santos Silva, que contam com um time de profissionais de excelente gabarito no mercado. Entre os profissionais de maior destaque está o brasileiro Luccas Marra do Amaral, com mais de  10 anos de experiência na área de tecnologia da informação com uma carreira de sucesso.


"O mundo mais do que nunca precisa de empresas como a InSeconds e de profissionais como Luccas Marra do Amaral, que atuam de maneira visionária e reagem a problemas e geram soluções que capacitam o futuro da educação global", enaltece o CEO da InSeconds Pedro Pacheco.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »