05/12/2019 às 13h21min - Atualizada em 05/12/2019 às 13h21min

PC-AM prende homem denunciado por latrocínio contra idoso, ocorrido na zona norte da capital

SECOM
FOTO: DIVULGAÇÃO/PC-AM
Na manhã desta quarta-feira (04/12), por volta das 10h, a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), sob a coordenação do delegado Aldeney Goes, titular da especializada, cumpriu mandado de prisão preventiva em nome de Caio César Colares Pinto, 28, conhecido como “Camelo”, por latrocínio, que teve como vítima o idoso, identificado como Herculano Mendes Cardoso, ocorrido no dia 11 de outubro deste ano, na comunidade Vitória Régia, bairro Santa Etelvina, zona norte da capital. A vítima tinha 66 anos.

De acordo com a autoridade policial, o cumprimento da ordem judicial ocorreu na Unidade Prisional de Puraquequara (UPP), localizada na zona leste da capital, onde ele estava cumprindo pena pelo crime de tráfico de drogas. Segundo Aldeney Goes, na ocasião do delito, a vítima estava conversando com a companheira e a filha dele, na frente da casa onde moravam, quando o infrator saiu de um veículo e tentou roubar Herculano e a família, momento em que a vítima reagiu tentando proteger a filha, e acabou sendo alvo de um disparo de arma de fogo efetuada pelo infrator.


“Depois de atirar contra o idoso, o Caio roubou o celular da vítima e empreendeu fuga do local. Após sermos comunicados do crime, iniciamos os procedimentos de diligências para identificar as circunstâncias desse delito. Durante o andamento das investigações, conseguimos identificar que Caio foi o autor do disparo e ingressamos com o pedido de prisão em nome dele. No momento que realizamos o cumprimento do mandado de prisão, Caio já se encontrava detido pelo cometimento de tráfico de drogas, mas estava prestes a ser solto”, explicou o delegado Goes.

O titular da especializada destacou, ainda, que as investigações em torno do caso prosseguirão, para averiguar todas as circunstâncias do crime. A ordem judicial em nome de Caio foi expedida na última terça-feira (03/12), pelo juiz James Oliveira dos Santos, do Juízo de Direito da Central de Inquérito.


FOTO: DIVULGAÇÃO/PC-AM

Procedimentos – O infrator foi indiciado por latrocínio. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado para a audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »