31/07/2018 às 13h20min - Atualizada em 31/07/2018 às 13h20min

Vulgo 'lágrima' é preso e confessa três homicídios em Manaus

PC-AM
PC-AM
A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado-geral da instituição, Mariolino Brito, e delegado Jeff David Mac Donald, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falou na manhã desta terça-feira (31/7), sobre a prisão de Frednilson Souza Ribeiro, 29, conhecido como “Lágrima”, em cumprimento a mandado de prisão por homicídio qualificado. 

De acordo com o titular da DEHS, o infrator é apontado como autor de, pelo menos, três homicídios ocorridos na zona centro-oeste da capital. Mac Donald explicou que “Lágrima” foi preso na casa de familiares, no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus, durante ação conjunta envolvendo equipes da DEHS, 10° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

 

1ºCaso:

Homicídio em desfavor de EMERSON SANTOS DE LIMA, vulgo "LOBINHO", 27 anos, ocorrido no dia 13/02/2018 na rua Criciúma, bairro Alvorada II.
Síntese: O autor confessa o homicídio e informa que tudo teve origem numa partida de futebol ocorrida há 4 (quatro) anos, quando o time da Vítima ganhou e começou a desprezar o grupo que perdeu, no qual FREDINILSON fazia parte. E sempre o Autor tentava agredir a Vìtima ou o irmão desta como forma de se vingar. No dia do crime, época de carnaval, de forma inesperada o Autor encontrou o autor caminhando pela rua e então resolveu desembarcar do carro e desferiu disparos de arma de fogo.

2ºCaso:

Homicídio em desfavor de RAIMUNDO NONATO LIMA SIQUEIRA JÚNIOR, vulgo "ALFREDÃO", 22 anos, ocorrido no dia 27/11/2017 na rua Ronina Ferreira, bairro Alvorada 2.
Síntese: O autor confessa o homicídio e relata que a Vítima seria usuária de entorpecentes e também estaria cometendo furtos na localidade. Essa atitude da Vítima estaria chamando atenção dos Policiais e consequentemente prejudicando a venda de entorpecentes na localidade. No dia do crime encontraram a Vítima, numa área de mata, e então resolveu desferiu golpes de facas e após isso enterrou com ajuda de 2 comparsas. 

3ºCaso:

Homicídio em desfavor de vulgo "FEIJÃO" ocorrido no mês de fevereiro de 2018 perto do sambódromo. 
Síntese: O autor confessa o homicídio afirmando que a Vìtima estava com um revolver de propriedade do primeiro, contudo nunca devolvia o objeto. Dessa forma, o Autor e mais um comparsa resolveram chamar a Vítima para ir ao um ber consumir bebida alcólica. Na saída do estabelecimento, o Autor desferiu várias facadas em desfavor da Vítima e jogaram o corpo no igarapé próximo ao sambódromo, que veio a aparecer alguns dias depois no bairro São Jorge.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »