06/06/2019 às 17h50min - Atualizada em 06/06/2019 às 17h50min

Polícia desarticula esquema de venda ilegal de terrenos nos bairros Tarumã e Nova Cidade

Secom
FOTOS: Divulgação / PC-AM
A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sob o comando do delegado Sinval Barroso, diretor do departamento, cumpriu ao longo de quarta-feira (5/6), mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas e extorsão em nome da agente penitenciária Ana Paula Marques Menezes, 25; Marcelo Almeida de Araújo, 51, conhecido como “Maraca”; Rafael Ellan Souza da Silva, 22, e o taxista Rogério Ananias dos Santos, 39.

De acordo com a autoridade policial, a prisão do bando ocorreu em desdobramento à operação “Cidade das Trevas”, deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) no dia 14 de maio deste ano, quando nove pessoas foram presas por envolvimento na venda ilegal de terrenos e formação de milícia, nas invasões Cidade das Luzes e Buritizal, localizadas, respectivamente, no bairro Tarumã, zona oeste da capital, e Nova Cidade, zona norte de Manaus.

 

Conforme Barroso, os quatro infratores deram continuidade à comercialização ilegal de terra, após as prisões dos comparsas.
 

“Durante as diligências para efetuar as prisões dos demais envolvidos no esquema criminoso, logramos êxito na prisão de Ana Paula na manhã de quarta-feira (5/6), por volta das 11h, durante o expediente de trabalho dela, em uma unidade prisional na capital. Ressalto que a infratora é esposa de um detento, que está cumprindo pena na cadeia e fornecia informações sobre a atuação da organização para ele”, explicou o titular do DRCO.
 

Conforme Barroso, na tarde daquele mesmo dia, por volta das 14h, foram efetuadas as prisões de Marcelo, Rafael e Rogério, nas respectivas casas deles, todas situadas no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul da cidade. A ordem judicial em nome dos infratores foi expedida no dia 7 de maio deste ano, pelo juiz Jean Carlos Pimentel dos Santos, da Comarca de Manaus.
 

FOTOS: Divulgação / PC-AM

Indiciamento – Os quatro infratores foram indiciados por tráfico de drogas, extorsão e organização criminosa. Ao término dos procedimentos cabíveis no DRCO, Marcelo, Rafael e Rogério serão encaminhados o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM). Já Ana Paula será levada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).  

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »