04/06/2019 às 16h58min - Atualizada em 04/06/2019 às 16h58min

Trio acusado de furtar objetos dentro de veículos é preso pela Polícia Civil

Várias vítimas procuraram a polícia, para informar que os vidros dos seus veículos tinham sido quebrados...

PC-AM
Sob a coordenação dos Delegados Raul Neto e Olavo Torquato Mozer, titulares do 12º e 30º Dip respectivamente, a Polícia Civil do Amazonas desencadeuou na manhã desta terça-feira, a Operação “MARTELINHO”, no intuito de tirar de circulação elementos que furtam objetos valiosos deixados dentro de veículos na Cidade de Manaus.

Segundo os delegados, várias vítimas procuraram a polícia, para informar que os vidros dos seus veículos tinham sido quebrados, e haviam sido furtados vários objetos de dentro dos carros. Dentre as vítimas está o senhor L.F.F.C, de 40 anos de idade, que informou a polícia, que teve o vidro do seu  veículo quebrado, no dia 01/06, fato ocorrido por das 11h, em frente ao Hospital da Criança, na Avenida Codajás, e que na ocasião furtavam a sua Camera Fotográfica Profissional Nikon D700 e acessórios.

 



De acordo com os Delegados, assim que iniciou-se as investigações, os policiais conseguiram identificar um dos elementos que participou do crime, ele foi detido nas proximidades de uma Faculdade no Parque das Laranjeiras, trata-se do nacional MARCIO JOSÉ DOS SANTOS FONTENELLE, que responde inúmeros processos por Estelionato. Assim que foi detido, o suspeito confessou a autoria do crime e levou os policiais até a casa do seu comparsa MICHEL WADSON OLIVEIRA DE SOUZA, que foi preso na Rua Santa Luzia, no Bairro João Paulo. 
 



Após a prisão dos dois elementos, os Policiais Civis diligenciaram até o Centro da Cidade, onde conseguiram prender o nacional EVERSON DA SILVA BATISTA, que comprava os objetos furtados dos veículos.
 

Investigador Geraldo Filho
Fotos: PC-AM

 

Os nacionais MARCIO JOSÉ DOS SANTOS FONTENELLE e MICHEL WADSON OLIVEIRA DE SOUZA, responderão por Furto Qualificado, já o nacional EVERSON DA SILVA BATISTA foi flagranteado por Receptação. Os objetos encontrados de posse dos acusados foram entregues para as vítimas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »