30/05/2019 às 21h21min - Atualizada em 30/05/2019 às 21h21min

​Comissão presidida por Alberto Neto visitará presídios no Amazonas nesta sexta (31)

Reprodução
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira (29), o requerimento do deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB-AM) para que seja realizada em caráter de urgência uma missão oficial pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aos presídios do Amazonas. 

A visita será realizada nesta sexta-feira, 31 de maio. Alberto Neto requereu que a missão seja realizada no Complexo Penitenciário Anisio Jobim (Compaj) e no Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM), ambos situados no Km 8 da BR 174. 

A equipe que visitará as penitenciárias amazonenses é composta pelo Deputado Federal Capitão Alberto Neto, que é presidente da Frente Parlamentar Mista de Desenvolvimento Estratégico do Sistema Penitenciário, Combate ao Narcotráfico e ao Crime Organizado no Brasil; Delegado Pablo, membro da Frente; e Capitão Wagner. 

Devido ao lançamento da Frente Parlamentar Mista de Desenvolvimento Estratégico do Sistema Penitenciário, Combate ao Narcotráfico e ao Crime Organizado no Brasil a realização de visitas nos presídios do Brasil já estavam programadas, mas diante do massacre que ocorreu no último fim de semana em Manaus os deputados anteciparam as visitas e embarcam nesta quinta-feira (30) para o Manaus. 

Massacre

Neste domingo (26), foram registrados 15 assassinatos no Compaj e na segunda-feira, mais 40 detentos foram mortos na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) e também no CDPM. 

Durante estas ações, não foram registradas fugas. Segundo informações do Governo do Estado, pode ter havido um racha entre as lideranças de uma facção criminosa que atua no Amazonas e, por isso, os presos iniciariam a matança. 

Na segunda-feira, o governador do Amazonas Wilson Lima pediu apoio do Governo Federal para conter a onda de assassinatos dentro das penitenciárias. O ministro da Justiça Sergio Moro enviou homens da força nacional para o Estado.

Este é o segundo massacre ocorrido dentro do sistema penitenciário do Amazonas. 

A outra chacina ocorreu no dia primeiro de janeiro de 2017, durante uma rebelião que teve início no fim da tarde de domingo, varando a madrugada com término na segunda de manhã. O saldo dessa chacina foram de 56 mortos um a mais do que a deste ano. 

 

Foto: Divulgação

*Visitas: *

O primeiro presídio a ser visitado é o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (COMPAJ) e iniciará as 09h00 da manhã, depois a comitiva seguirá para os sistemas prisionais do CDP e IPAT 

PONTO DE ENCONTRO: 

COMPAJ – 9H00 

CDP - Após visita ao Compaje

IPAT - Após visita ao CDP 

COLETIVA DE IMPRENSA - Sede do Sindicato dos Agentes penitenciários – 11H30 
Endereço: Rua Pará 990 Vieiralves em frente a Cocil. Esquina com a Constantino Nery.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »