19/07/2018 às 13h11min - Atualizada em 19/07/2018 às 13h11min

Polícia Civil prende colombiano com 1,5 kg de cocaína líquida e petrificada, avaliado em R$ 35 mil

A droga estava armazenada em três envelopes e dois sprays fixadores de cabelo. Em depoimento na delegacia, o homem confessou que iria receber R$ 2 mil pelo transporte da substância ilícita até Porto Velho.

PC-AM
FOTOS: Jefferson Cunha / PC-AM
A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), falou na manhã desta quinta-feira (19/7), durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da Delegacia Geral, sobre a prisão em flagrante do colombiano Ciceron Polania Barboza, 53, em posse de um quilo e meio de cocaína líquida e petrificada, avaliado em R$ 35 mil. 

De acordo com a autoridade policial, o infrator foi preso pela equipe do Denarc com o apoio de servidores lotados na Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O fato ocorreu na tarde de quarta-feira (18/7), por volta das 15h, no Terminal Rodoviário de Manaus, situado no bairro Flores, zona centro-sul da capital. 

 

“Essa ação faz parte da operação “Banzeiro”, da SSP-AM. Demos início aos trabalhos após recebermos denúncia anônima, informando que um indivíduo em posse de entorpecentes iria embarcar em um ônibus no terminal rodoviário, com destino a Porto Velho, capital de Rondônia. Montamos campana no local mencionado quando avistamos Ciceron em atitude suspeita”, explicou Mavignier. 
 

Conforme o diretor do Denarc, as equipes realizaram a abordagem e encontram no interior da mochila de Ciceron cerca de um quilo e meio de cocaína líquida e petrificada. A droga estava armazenada em três envelopes e dois sprays fixadores de cabelo. Em depoimento na delegacia, o homem confessou que iria receber R$ 2 mil pelo transporte da substância ilícita até Porto Velho. 
 

O colombiano foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do Denarc, o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus. 
 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »