29/03/2019 às 11h35min - Atualizada em 29/03/2019 às 11h42min

A digitalização é triplamente a principal preocupação dos comunicadores latino-americanos

A transparência também constitui um aspecto fundamental, de acordo com uma prévia da 3ª edição do estudo Latin American Communication Monitor, da EUPRERA

DINO - http://www.euprera.org
http://www.dino.com.br/releases/a-digitalizacao-e-triplamente-a-principal-preocupacao-dos-comunicadores-latino-americanos-dino890200749131
Reprodução


No dia 08 de maio de 2019, será apresentado em primeira mão a terceira edição do Latin American Communication Monitor durante a Cimeira Ibero-americana de Comunicação Estratégica, CIBECOM'2019, que será realizada em Madri, sob o tema "Tecnologia, emoção e adaptação, fundamentos de um novo mundo".

No entanto, alguns dos dados mais relevantes do monitor 2018/2019 acabam de ser revelados: os três temas estratégicos que mais preocupam e que são considerados mais importantes para os próximos três anos estão concentrados nos desafios da digitalização. O primeiro tema estratégico continua sendo o enfrentamento da evolução digital e da rede social (38,9%), a segunda está relacionada com a forma de gerir a velocidade e o fluxo de informação (36,2%) e a terceira questão é a utilização de big data e/ou algoritmos para a comunicação (32,7%).

Além dos desafios da digitalização, um segundo grupo de temas relevantes pode ser destacado. Neste grupo estão os temas que se referem à preocupação em gerenciar a demanda por mais transparência e audiências mais ativas, fortalecer o papel da função de comunicação para apoiar a tomada de decisão da alta direção, construir e manter a confiança na organização, conectar as estratégias da organização com a comunicação e implementar sistemas avançados de mensuração e avaliação.

No caso dos países da América Latina presentes na amostra, vemos que, embora se constatem tendências comuns, diferenças podem ser observadas nas avaliações de acordo com cada país. Em alguns dos países analisados, saber lidar com a evolução digital e o uso da mídia social é a questão estratégica mais importante. Este é o caso da Colômbia, Costa Rica, Equador e México. Enquanto que para Venezuela e Brasil, o mais importante é saber lidar com a velocidade e o fluxo de informações.

Observa-se, além disso, diferenças relacionadas ao tipo de organização e ao cargo que os entrevistados ocupam. Assim, os/as profissionais que trabalham em organizações privadas são os/as que mais se concentram em questões de digitalização, enquanto seus/suas homólogos/as em organizações sem fins lucrativos dão maior importância para a necessidade de construir e manter a confiança na organização e os/as profissionais das organizações governamentais, para conectar as estratégias da organização com a comunicação.

Por outro lado, profissionais com cargos mais altos mostram uma maior preocupação em enfrentar a evolução digital e a mídia social, além da necessidade de atender mais públicos e canais com recursos limitados.

Compromisso com o trabalho ou engagement dos comunicadores
Outro dos aspectos detectados é que as organizações precisam fomentar o comprometimento de seus empregados/as para promover a lealdade à organização e aumentar a produtividade. As questões identificadas a este respeito e que serão divulgadas na CIBECOM'2019, estão relacionadas profundamente com a importância de incentivos dos profissionais de comunicação na hora de enfrentar os desafios comunicativos. De um modo geral, pode-se afirmar que o compromisso é maior em agências e consultorias em relação aos outros tipos de organização, com uma exceção: as pessoas que trabalham em empresas de capital aberto.

Sobre EUPRERA

A Associação Europeia de Educação e Pesquisa em Relações Públicas (EUPRERA) é a entidade autônoma, acadêmica e de pesquisa de referência para o setor na Europa. Está presente em mais de 30 países. Organiza diversos projetos e redes de pesquisa, em que acadêmicos e profissionais experientes trabalham juntos para avançar na pesquisa de base e aplicada.

Além do LCM, esta organização organiza o European Communication Monitor, o North American Communication Monitor e Asia-Pacific Communication Monitor que, em conjunto, avaliam o estado da arte e as tendências na gestão da comunicação em mais de 80 países.

Mais informações em: www.euprera.org

Sobre a Fundacom

A Fundacom é uma entidade sem fins lucrativos formada pelas principais associações de comunicadores da Ibero-América, representando mais de 7.000 diretores e profissionais de comunicação. Seu objetivo é promover o trabalho desses profissionais como executivos-chave na gestão empresarial e organizacional do século XXI nos países de língua espanhola e portuguesa. As associações integrantes da Fundacom são: Aberje (Brasil), APCE (Portugal), Asodircom (República Dominicana), AURP (Uruguai), CICOM e PRORP (México), CECORP (Colômbia), CPRP e Círculo Dircoms (Argentina), Dircom Guatemala (Guatemala), FOCCO (Chile) e Dircom (Espanha).

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »