06/07/2018 às 11h09min - Atualizada em 06/07/2018 às 11h09min

Vídeo registra a crueldade de elementos presos no bairro da União

Os autores imobilizaram a vítima com um golpe "mata leão" e pegaram um prato de louça para começarem a cortar o pescoço da vítima...

PC-AM
A integração das forças culminou na prisão em flagrante, pelo crime de Homicídio Qualificado (art. 121, p.2°, II e IV do Código Penal) de ALEX DE ALMEIDA SILVA, vulgo "CADÁVER", 25 anos, e apreensão do menor P.H.S.R, vulgo "CENOURA",  15 anos, no bairro da União.

No dia 05/07/2018 ocorreu o homicídio de EDIVALDO COSTA SOARES, o qual foi localizado sem a cabeça, no Conjunto Rei Artur, bairro Parque Dez.

Imediatamente uniram-se as forças policiais para fulminar nas autorias desse crime bárbaro. Com trabalho de inteligência foi possível levantar características dos executores e assim o trabalho em campo foi contínuo.

Durante a tarde houve abordagem dos suspeitos, os quais confessaram a prática criminosa e exibiram o vídeo em que ambos aparecem cortando o pescoço da Vítima.

 

No dia do crime, a vítima foi até a casa de Alex e o chamou, juntamente com o menor, para usarem entorpecentes na área de mata perto do parque do mindu. Ao chegarem no local, o nacional ALEX reconheceu que dentre vários objetos jogados havia a bolsa de sua tia, que teria sido vítima de roubo dias atrás e este já desconfiava que a vítima era ladrão.

Dessa forma, os autores imobilizaram a vítima com um golpe "mata leão" e pegaram um prato de louça para começarem a cortar o pescoço da vítima. E como não conseguiram concluir o trabalho, pegaram um terçado e realizaram a separação entre o corpo e cabeça.

Depois o menor enterrou a cabeça atrás de um campo na comunidade Jacarezinho, a qual foi localizada na madrugada de hoje.

Por fim, foi dada voz de prisão em desfavor do nacional ALEX DE ALMEIDA SILVA e voz de apreensão no P.H.S.R. O primeiro ficará a disposição do CDPM e o último na DEAAI.

 
VEJA VÍDEO

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »