23/05/2022 às 19h40min - Atualizada em 23/05/2022 às 19h40min

'Tentou me matar diversas vezes': jovem que teve rosto tatuado pelo ex descreve rotina violenta

A jovem foi mantida sob cárcere no último fim de semana

Extra
Foto: Reprodução
Tayane Caldas, de 18 anos, teve o seu rosto tatuado à força pelo ex-namorado, Gabriel Coelho, de 20, por ele não aceitar fim do relacionamento. Mesmo com uma medida protetiva contra ele, a jovem foi mantida sob cárcere no último fim de semana, quando foi amarrada, sofreu agressões e teve o nome de do suspeito tatuado no lado direito da sua face. Em entrevista à TV Vanguarda nesta segunda-feira, ela relata que o ex-namorado a via como uma "propriedade" dele e narrou as agressões que sofreu.

— Logo depois das agressões, ele amarrou os meus dois braços e falou que ia tatuar o meu rosto. Eu chorei, implorei. Eu pedi para ele não fazer isso porque ia destruir a minha vida e ele disse que faria mesmo assim. Enquanto eu gritava, ele me batia. Eu só vi a tatuagem pronta depois e só conseguia chorar — relatou Tayane na entrevista. E, após ver o resultado estampado em sua pele, a jovem narra o que sentiu:

— Quando eu olhei, não era mais eu, não sou eu com isso aqui. Para mim, ele me matou por dentro, acabou comigo com uma forma de me marcar e dizer que eu sou propriedade dele — completa.

Segundo Tayane, no início do relacionamento, via Coelho como "um príncipe" e que, ao longo do tempo, ao perceber comportamentos agressivos e abusivos, conversou com sua mãe: foi quando decidiram pedir uma medida protetiva. Após oito meses distantes, ela acreditou na mudança do comportamento do namorado, o que considera a pior escolha que fez:


— Todo mundo merece uma segunda chance, todo mundo pode mudar se quiser, mas quando decidi voltar foi a pior coisa que eu fiz, porque só piorou. Na cabeça dele, eu virei a mulher dele. Se eu quisesse terminar, eu já não podia. Ele tentou me matar diversas vezes: eu deitada e ele me estrangulando, ele só parava quando percebia que eu não estava mais aguentando, quando meu corpo já estava mole — descreveu.

Segundo a Polícia Civil de São Paulo, por meio de nota, "um homem, de 20 anos, foi preso em flagrante após descumprir uma medida protetiva contra uma jovem, de 18" no último sábado em Taubaté, em São Paulo. "A prisão foi registrada no Plantão da Delegacia Seccional da cidade. Todas as circunstâncias do fato serão apuradas. Detalhes serão preservados para garantir autonomia ao trabalho policial."

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »