10/05/2022 às 09h19min - Atualizada em 10/05/2022 às 09h19min

DRCO prende dois indivíduos e apreende 250 kg de entorpecentes em Manaus

Portal do Sena - Informando com credibilidade

Secom
FOTOS: Erlon Rodrigues/PC-AM
Na segunda-feira (09/05), por volta das 19h, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do Departamento de Repressão ao crime Organizado (DRCO) com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core-AM), deflagrou operação que resultou na prisão de dois indivíduos, de 36 e 42 anos, e na apreensão de 250 quilos de maconha, avaliados em R$ 1,5 milhão. A ação ocorreu nas proximidades da Ponte Rio Negro, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus.
 
Durante coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (10/05), no prédio do DRCO, na avenida Brasil, bairro compensa, o delegado-geral adjunto da PC-AM, Bruno Fraga, destacou o êxito de mais uma operação realizada pela Polícia Civil no combate ao crime organizado.
 
“Estamos apresentando aqui mais uma operação realizada com sucesso pelo DRCO, em que tiramos de circulação grande quantidade de entorpecente avaliado em R$ 1,5 milhão. Ressalto que atuamos diariamente no combate aos crimes realizados no nosso estado”, enfatizou o delegado-geral adjunto.
 
Conforme o delegado Rafael Guevara, adjunto do DRCO, as diligências iniciaram após recebimento de denúncia anônima, informando uma suposta transferência de drogas do município de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus) para a capital amazonense.
 
“Com base nas informações, nós nos deslocamos até a localidade e ficamos de campana observando a movimentação, ocasião em que avistamos um veículo Jeep Renegade, de cor branca, com as características indicadas na denúncia”, disse a autoridade policial.

Ainda segundo Guevara, foi realizada a abordagem ao carro e durante revista foram localizados cinco sacos de fibra, contendo 240 tabletes de maconha, totalizando 250 quilos de drogas.
 
“Ao serem questionados sobre onde entregariam as drogas, os indivíduos deram informações divergentes. Um deles comentou que seria entregue em um posto de combustível no bairro Compensa, já o outro falou que seria em um supermercado no bairro Ponta Negra, ambos na zona oeste”, informou ele.
 
A autoridade policial afirmou que as investigações irão continuar para identificar o proprietário dos entorpecentes, que contratou a dupla para fazer o transporte do material ilícito.
 
Procedimentos – Os indivíduos responderão por tráfico de drogas e associação para o tráfico e ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »