11/03/2022 às 17h27min - Atualizada em 11/03/2022 às 17h27min

Homem apresenta língua preta peluda três meses após AVC

Portal do Sena

Extra
Um homem na faixa dos 50 anos foi diagnosticado com "língua preta peluda", ao apresentar uma espessa camada preta, mas com partes amareladas, perto da linha média e na parte de trás da língua, de forma que ela parecia estar coberta por pelos. As bordas externas, a ponta e o centro da língua estavam livres da estranha pigmentação. O caso foi divulgado nesta quarta-feira, dia 9, pela revista científica revisada por pares "JAMA Dermatology", da Associação Médica Americana.

Os médicos viram que o revestimento era composto por fibras longas e finas, que provavelmente correspondiam a partículas de alimentos presas na língua. Amostras de muco foram coletadas para verificação de crescimento fora do esperado de bactérias ou fungos, mas não havia tal anormalidade, de acordo com o resumo do estudo pelo site "Live Science".

Segundo a publicação, o paciente procurou um departamento de dermatologia duas semanas após seus cuidadores terem notado o aparecimento da cor preta, que não lhe causava dor. Três meses antes, ele havia sofrido um acidente vascular cerebral (AVC), e sua dieta consistia em alimentos em purê e líquidos. Ele estava sendo medicado com antiplaquetários orais e anti-hipertensivos. Ao ser examinado, não tinha febre e estava consciente, com fraqueza motora do lado esquerdo do corpo (provocada pelo AVC).

Diante do diagnóstico dessa condição, que é conhecida clinicamente como lingua villosa nigra, o paciente e seus cuidadores foram orientados sobre as medidas adequadas de limpeza na língua. A descoloração foi resolvida após 20 dias mediante práticas simples de higiene bucal.

Ainda segundo a "Live Science", a língua preta peluda é uma condição que pode ser causada por falta de higiene, e impulsionada por uma dieta rica em alimentos macios. Consumo excessivo de café, chá, álcool ou produtos de tabaco, e uso alguns medicamentos, como antibióticos, além de certos enxaguatórios bucais, também podem desencadear o aparecimento da doença. Boca seca também é um fator de risco.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »