25/01/2022 às 17h01min - Atualizada em 25/01/2022 às 17h01min

ARMADA E PERIGOSA! Mulher é presa por envolvimento em homicídio, latrocínio tentado, roubo e outros crimes na capital

Portal do Sena

Secom
Foto: Reprodução
A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) deflagrou ação policial, na tarde de segunda-feira (24/01), que resultou na prisão de Aline Fontoura da Silva, de 32 anos, conhecida como “Loira do Face”, em cumprimento a mandados de prisão preventiva por crimes como roubo majorado, posse de arma de fogo, posse de veículo com adulteração, latrocínio tentado e homicídio. A prisão ocorreu em via pública, no bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus.
 
A mulher já estava sendo investigada pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), e também pelo 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), que efetuou a prisão dela.
 
Conforme o delegado Christiano Castilho, titular do 14° DIP, Aline cometia assaltos à mão armada com a ajuda de mais dois comparsas, em toda a zona leste de Manaus. Recentemente, ela participou do roubo a uma casa no bairro Flores, zona centro-sul, ocasião em que levou vários pertences do local, incluindo o carro do dono do imóvel, que foi encontrado, posteriormente, em uma oficina. O proprietário da oficina foi autuado e responderá por adulteração de veículos.
 
“Representei à Justiça pelo mandado de prisão preventiva em nome de Aline, e durante diligências, conseguimos efetuar a prisão dela, no bairro Jorge Teixeira, zona leste. Na ocasião, apreendemos também uma motocicleta da marca Honda, modelo Biz, com placa e motor adulterado” relatou Castilho.


Além desses crimes, Aline juntamente com seu ex-companheiro, Kennedy Alfaia da Costa, 26, conhecido como “Gordinho”, foram autores do homicídio de Alan Pinto da Silva, que tinha 26 anos. O fato ocorreu no dia 24 de junho de 2021, no Jorge Teixeira, e a possível motivação seria uma guerra de território entre organizações criminosas.
 
De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, a infratora possui uma longa ficha criminal, e está sendo interrogada por suspeita de envolvimento em outros homicídios ocorridos na capital.


As ordens judiciais em nome dela foram expedidas em setembro de 2021, pela juíza Themis Catunda de Souza Lourenço, da Comarca de Manaus.


Procedimentos – Aline foi indiciada por roubo majorado, posse de arma de fogo, posse de veículo com adulteração, latrocínio tentado e homicídio. Ela será encaminhada à audiência de custódia, na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »