19/11/2021 às 17h07min - Atualizada em 19/11/2021 às 17h07min

Coronel Norte está virando a eleição em Coari

Portal do Sena - Informando com credibilidade.

Foto: Reprodução
A escolha do coronel PM Ayrton Norte, ex-comandante da Polícia Militar do Amazonas, para ser candidato a vice-prefeito na chapa do empresário Robson Tiradentes Junior (PSC), na eleição suplementar para prefeito de Coari, que ocorre em 5 de Dezembro, tem se mostrado por demais acertada. Pesquisas a que o Barelândia teve acesso mostram que, depois do anúncio, a chapa só crescer nas intenções de voto.

Norte é muito querido em Coari por causa da gestão que desempenhou à frente do 5º Batalhão da Polícia Militar, quando ainda era major, nos anos 2000. O trabalho que ele fez próximo da comunidade e controlando a criminalidade, que começava a crescer em função da entrada em operação do gasoduto, fez com que ele fosse festejado pela população.


O nome do oficial aparecia em várias pesquisas encomendadas pelos principais grupos políticos locais como forte para disputar até a Prefeitura. Quando foi definida a eleição suplementar, para substituir o prefeito cassado Adail Filho (Progressistas), o governador Wilson Lima (PSC), que tinha acesso aos levantamentos, pediu a Norte que deixasse a PM para reforçar a chapa do seu candidato, Tiradentes Junior.

O anúncio do nome de Norte como vice mobilizou rapidamente vários moradores que estavam reticentes e não queriam aderir a nenhuma candidatura. Até aliados de Adail Filho mudaram de lado por causa da escolha do oficial.


Hoje os principais eventos de campanha contam com a participação de Norte, que é festejado pela população a cada aparição. O coronel tem promovido vários encontros em agenda própria, para fortalecer a campanha. Ele é o coordenador de toda a movimentação na sede e também estende sua influência à zona rural.

Desde que Norte entrou na campanha Tiradentes Junior cresceu nada menos que 15 pontos percentuais e virou a eleição. Ele estava mais de 10 pontos atrás de Keitton Pinheiro (Progressistas), o candidato da situação. A entrada do coronel na corrida também conteve o crescimento de Zé Henrique, o terceiro colocado nas pesquisas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »