09/11/2021 às 22h04min - Atualizada em 09/11/2021 às 22h04min

Entregador demitido após mulher sair pela traseira de van se defende: 'Fiz o que qualquer americano faria'

PORTAL DO SENA - Informando com credibilidade

Extra
Foto: Reprodução
O entregador demitido pela Amazon no mês passado após um turista em Tampa (Flórida, EUA) flagrar uma mulher saindo pela porta traseira da sua van de trabalho se defendeu após perder o emprego.

"Fiz o que qualquer americano faria na minha situação", disse Tywan George.

O americano classificou a mulher como uma "companheira", mas não revelou o que o dois faziam na traseira do veículo de entrega.


"Estava fazendo o meu trabalho. Isso era exatamente o que eu estava fazendo", limitou-se a dizer, de acordo com o "Daily Mail".

Tywan acrescentou que a sua atividade "incluía" entregar pacotes.

Por meio de nota, a Amazon se posicionou após o caso virar piada nas redes sociais:

"Permitir que passageiros não autorizados entrem em veículos de entrega é uma violação da política da Amazon, e o motorista não está mais entregando pacotes aos clientes da Amazon."

No domingo (7/11), em vídeo feito para o site "TMZ", o ex-funcionário da gigante de vendas on-line declarou:

"Todo mundo interpretou mal o vídeo. O aluguel é alto na cidade. Está muito quente. Basicamente, era para pagar as contas, se você entende o que estou dizendo."

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »