09/08/2021 às 18h17min - Atualizada em 09/08/2021 às 18h17min

Vendedor que causou prejuízo de R$ 200 mil é preso pelo crime de estelionato, no bairro Parque 10

Empresa tem 48 horas para apresentar resposta junto ao órgão

Secom
Foto Reprodução

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 7° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na manhã desta segunda-feira (08/09), por volta de 10h, cumpriu mandado de prisão em nome de Maxwell Marques Feijão, 44, pelo crime de estelionato. A prisão ocorreu no bairro Parque 10 de Novembro, zona centro-sul.

 

De acordo com o delegado Fabiano Rosas, titular do 7º DIP, o homem trabalhava como vendedor em uma loja de mármore e granito. Ele negociava com os clientes, porém, não informava a empresa sobre a venda e recebia o dinheiro.

 

“Maxwell causou um prejuízo de cerca de R$ 200 mil para a empresa, e já respondia pelo mesmo crime, quando em 2019 se passou por um agente de viagens”, explicou Rosas.

 

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz Julião Sobral, da Central de Inquéritos, em julho deste ano.

 

Procedimentos - Maxwell Marques Feijão responderá pelo crime de estelionato e após os procedimentos cabíveis será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »