27/07/2021 às 10h26min - Atualizada em 27/07/2021 às 10h26min

WhatsApp pode vazar conversas dos usuários; saiba mais sobre essa falha

PORTAL DO SENA - Informando com credibilidade

R7
Foto: Reprodução
Falhas com Whatsapp ? Isso mesmo, como qualquer outro serviço, o WhatsApp está suscetível a problemas e uma grave descoberta em seus códigos foi descoberta pela empresa brasileira ISH Tecnologia, em parceria com a L1 Smart Solutions.

Essa falha ocorre apenas na versão web do WhatsApp , com isso, os smartphones estão seguros.

A empresa explica, que trata-se de uma brecha que permite que sejam acessadas conversas, imagens e vídeos do aplicativo sem que a vítima fique sabendo.

A empresa já notificou o WhatsApp e não revelou mais detalhes sobre o caso.

Em nota, o WhatsApp informa que trabalha regularmente com pesquisadores de segurança para melhorar as diversas formas usadas pelo app para proteger as mensagens de seus usuários. 

“É importante ressaltar que a criptografia de ponta a ponta continua funcionando como esperado e que as mensagens dos usuários permanecem seguras e protegidas”.


Atenção! Dicas para usar o app com segurança.

Confira algumas dicas para usar o WhatsApp no PC com segurança:

1. Evite adicionar e manter contato com pessoas desconhecidas

2. Mantenha tudo atualizado

3. Evite abrir arquivos suspeitos

4. Utilize soluções de segurança adequadas, ou seja antivírus no seu PC

5. Use senhas fortes para seu celular e seu PC, assim você evita que outras pessoas acessem os seus dados.

Pela segunda vez em poucos dias, o Ministério da Economia pediu a suspensão de um site falso registrado no exterior que rouba informações de servidores públicos federais. A página captura usuários e senhas do aplicativo SouGov.br.

O alerta foi publicado hoje (26) pela Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia. O endereço falso é servidor.sougovbr.online.

Lançado em maio, o SouGov.br substituiu o aplicativo Sigepe Mobile. A ferramenta tem cerca de 30 serviços disponíveis aos servidores federais, como fornecimento de contracheque, consultas de prévia de salário, envio de atestados médicos e prova de vida para aposentados e pensionistas .

A secretaria do Ministério da Economia orienta os servidores federais a digitar o login e a senha do SouGov.br somente no aplicativo baixado da loja virtual oficial do governo. Caso alguém tenha inserido os dados no site falso, o órgão pede a troca imediata da senha do Portal Gov.br e dos sistemas Sigac/Sigepe.

Em caso de dúvidas, os servidores públicos devem entrar em contato com a Unidade de Gestão de Pessoas do seu órgão ou com a Central de Atendimento Sipec, no telefone 0800-978-9009. A central também pode ser acessada pela internet.

Este foi o segundo alerta emitido nos últimos dias pelo órgão. Na sexta-feira (23), a secretaria havia descoberto um site falso, também hospedado no exterior, que coletava informações de usuários e senhas do Sistema de Gestão de Acesso do Governo Federal (Sigac).

O Sigac permite que gestores alterem dados do funcionalismo federal e também dá acesso ao Sigepe. Nesse sistema, os servidores federais do Poder Executivo (ativos e inativos), funcionários de estatais e pensionistas obtêm informações sobre contracheques e férias, baixam comprovantes do Imposto de Renda e atualizam ou alteram dados cadastrais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »