06/06/2021 às 10h19min - Atualizada em 06/06/2021 às 10h19min

URGENTE! Criminosos bloqueiam ruas e intimidam motoristas na Compensa; vídeo

PORTAL DO SENA - Informando com credibilidade

A onda de terror começou por volta da 1h da manhã deste domingo (5) começaram a surgir fotos e vídeos em diversos grupos de Whatsapp, contendo ações criminosos em vários bairros de Manaus. Os elementos foram tão audaciosos, que chegaram a gravar os crimes. 

Nas imagens, pneus queimados bloqueando ruas, ônibus incendiados, gritaria e estragos por toda a cidade. 

Morte de "Dadinho"    

Segundo informações apuradas por nosso equipe, a revolta dos membros de facções seria pela morte do denominado conselheiro do CV, Erick Batista da Costa, o vulgo "Dadinho", morto na tarde de sábado (4) após uma troca de tiros com policiais da Rocam, no bairro Novo Aleixo.   


Compensa    

O terrorismo seguiu pela parte da manhã, em vários bairros os estragos continuam. Na avenida Brasil, bairro Compensa, meliantes encapuzados foram flagrados bloqueando a via e o pior, intimidando os condutores de veículos que passam por aquela área.




Por volta das 10h desta manhã de domingo (5) policiais militares da 8ª Cicom, localizada na Compensa III, anunciaram a prisão de dois elementos que estavam em posse de material inflamável. 

Paralisação do Transporte Coletivo

NOTA À IMPRENSA

O terrorista continua pela parte da manhã, em vários bairros os estragos continuam. Na avenida Brasil, bairro Compensa, meliantes encapuzados foram flagrados bloqueando a via e o pior, intimidando os condutores de veículos que passam por aquela área.

O Sinetram repudia os atos de vandalismo ocorridos nas primeiras horas deste domingo (06/06), em que 7 ônibus do transporte coletivo foram incendiados dentre outros atos violentos.

A violência das ações,  aparentemente de caráter terrorista, causou pânico nos operadores do serviço, pois há relatos de grupos encapuzados e armados praticando tais atos, sendo que, por isso, toda a frota foi recolhida. 

Atos dessa natureza, além de serem crimes de dano e ilícitos civis, visam disseminar o medo e inviabilizam o serviço essencial. 


Diante desse cenário, os maiores prejudicados são o usuário do transporte coletivo e os trabalhadores do sistema de transporte cujas vidas estão  em risco.


Por fim, pedimos  às autoridades públicas competentes imediatas e urgentes providências para a identificação dos criminosos e para a cessação da onda de violência a fim de que seja viabilizada a normalização do serviço essencial de transporte coletivo.

Assessoria de Comunicação - Sinetram

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »