02/02/2021 às 18h38min - Atualizada em 02/02/2021 às 18h38min

​Site do Auxílio Estadual chega a mais de 100 mil acessos por hora no primeiro dia de funcionamento

PORTAL DO SENA - Informando com credibilidade

Secom
Foto: Reprodução
Lançado nesta segunda-feira (1º/02) pelo Governo do Amazonas, o site auxilio.am.gov.br chegou a ter mais de 100 mil acessos por hora no primeiro dia de funcionamento. As informações são da empresa Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam), responsável pelo desenvolvimento da tecnologia relativa a inteligência de dados empregada no projeto do Auxílio Estadual.
 
Além da consulta para saber se um CPF está contemplado no projeto, o site também foi muito utilizado para atualização cadastral dos beneficiados e para o cadastro em futuros programas sociais do governo estadual. Até as 16h30 de ontem, mais de 6 mil pessoas beneficiadas já tinham feito a atualização de informações como endereço e telefone, e mais de 119 mil que não foram contempladas com esse auxílio já tinham se cadastrado para participar de novos programas sociais.
 
Inteligência – Técnicos da Prodam estiveram envolvidos em todas as etapas do projeto para a concessão do auxílio estadual. Segundo o assessor da presidência da empresa, Régis Muller, a empresa trabalhou com inteligência de dados, organizando informações fornecidas pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) e com bases de dados do governo estadual.
 
“Nosso trabalho tinha como objetivo principal selecionar, dentro dos critérios de elegibilidade do projeto, as famílias que seriam contempladas com o benefício”, explicou.
 
As primeiras informações analisadas pela Prodam foram da base de dados do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do Governo Federal, extraídos pela Caixa Econômica Federal (CEF). Depois, a Prodam cruzou essas informações com outras bases de dados, como a de servidores públicos estaduais e municipais, a de proprietário de veículos e até a de controle de óbitos para eliminar a possibilidade de algum CPF contemplado ser de pessoa morta.
 
“Esse trabalho meticuloso atestou todo o processo, conferindo segurança para o governo e diminuindo drasticamente as possibilidades de fraudes”, assegurou Régis.
 
A secretária titular da Seas, Maricília Costa, reforça a importância da tecnologia desenvolvida pela Prodam, que possibilita que as pessoas consultem seus dados de forma rápida e segura.

“O trabalho da Prodam é fundamental para nós, da assistência social, porque permite que as pessoas se resguardem em suas casas, o que é essencial para o enfrentamento da pandemia da Covid-19”, ressaltou.
 
Portal – A Prodam também é responsável pelo site auxilio.am.gov.br, desenvolvido com as mais modernas tecnologias de Cloud Computing para suportar a alta demanda simultânea de acesso.

Pelo portal, é possível saber se uma pessoa foi contemplada com o auxílio, bastando inserir CPF e data de nascimento. Caso não tenha sido contemplada, é possível se cadastrar no banco de dados para novos programas sociais do governo estadual.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »