21/01/2021 às 20h11min - Atualizada em 21/01/2021 às 20h11min

Modelo se desculpa por mostrar a genitália em foto em famosa mesquita turca

PORTAL DO SENA - Informando com credibilidade

Extra
Foto: Reprodução
Dois anos após causar polêmica e revolta de muçulmanos, a modelo Marisa Papen se desculpou por mostrar a genitália ao posar na entrada da famosa mesquita Hagia Sophia, em Istambul (Turquia), finalizada no ano de 537.

Em 2018, após a grande repercussão, a belga rebateu todas as críticas e defendeu a liberdade de expressão:

"Isso é tudo uma mensagem, e a mensagem é sobre fazer as pessoas pensarem por si mesmas por meio de nossas imagens. Estamos tentando ajudar as pessoas a se libertarem da sua prisão mental pelos governos e religiões deste planeta. Todos nós nos tornamos tão cegos e burros que simplesmente aceitamos. Não questionamos mais nada. Tudo é controlado, manipulado."


A modelo e ativista, de 28 anos, costuma desafiar e questionar valores religiosos. Ela já se envolveu em polêmicas posando nua em templo de Luxor (Egito), nas proximidades do Muro das Lamentações, em Jerusalém, e na mesquita em Istambul (Turquia).

Após circularem informações de que Marisa poderia ser condenada à prisão pela sessão de fotos, a belga resolveu se retratar com o "povo da Turquia".

"Eu queria ter um momento para explicar o meu raciocínio e a minha filosofia. Quando visitei a Turquia, em 2018, foi com o espírito de amor, movido por um sonho de unidade. Meu trabalho é frequentemente visto como controverso, mas na verdade é apenas um corpo humano defendendo a igualdade e a liberdade. Minha intenção é inspirar mudanças positivas, fechar a lacuna e iluminar o que está escondido ou reprimido nas sombras da sociedade. Para as pessoas que posso ter magoado com minhas declarações artísticas, peço desculpas", afirmou a modelo.



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »